Você já percebeu que ser bem sucedido financeiramente pode estar te afastando de seu círculo social? Você não está sozinho! Cada vez mais, pessoas estão quebrando os tabus para falar sobre como a riqueza é solitária!

Neste texto vamos refletir sobre:

  • A riqueza traz solidão?
  • Porque você se sente solitário
  • Como lidar com a solidão

       A solidão que permeia pessoas com estabilidade financeira vem sendo vivenciada de forma obscura e escondida durante décadas. O mundo pode pensar que ser rico é viver mil maravilhas, tendo independência financeira e os mais variados luxos, mas a verdade é que algo muito mais sombrio se esconde por trás de tudo isso.
       Quando estamos angustiados, preocupados ou com medo, o cérebro humano costuma expressar-se de duas maneiras, o "modo de ataque", onde enfrentamos o nosso problema de forma instintiva e impulsiva, e o "modo de defesa", que nos faz recuar diante de certas situações e buscar um meio para enfrentá-las, muitas vezes, com mais lógica e coerência. Isso explica porque tantas pessoas sofrem em silêncio, enquanto o resto da sociedade acredita que elas estão vivendo em um mundo perfeito. Elas se retraem para conseguir compreender o que realmente está acontecendo.
       Você já parou para observar como a sua situação financeira te distancia de outras pessoas? Como seu ciclo de amizades parece estar mais restrito e você talvez se sente incomodado ao lidar com pessoas que são diferentes de você, no sentido financeiro? Sim, a riqueza é solitária, mesmo para aquelas pessoas que vivem rodeadas de gente todos os dias.
       Em conversa com o empresário Erick de Albuquerque, este afirmou que "A riqueza é como uma escada, que quanto mais você sobe, menos pessoas estão nela". Isso pode ser frustrante para muitas pessoas, não saber como lidar com o merecimento do seu sucesso ao perceber-se sozinho.
       Admitir a solidão, para muitos, pode ser algo inimaginável. Instintos primitivos dos seres humanos nos preparam para não mostrar vulnerabilidade e, muitos, acabam se escondendo através de máscaras perfeitas. Porém, lá no fundo, sabem o que está acontecendo.


       Você sente que os assuntos sobre os quais deseja conversar não são compreendidos pela maior parte das pessoas? Isso é um grande contribuidor para o afastamento de pessoas do seu ciclo social. A incompatibilidade de ideias, costumes, valores e gostos diferenciados fazem com que você passe a ter relacionamentos seletivos e, como o próprio nome já diz, são seletos, não se encontra pessoas parecidas com você em todos os lugares.
       Sem falar, nas experiências vivenciadas pelas pessoas de diferentes classes sociais. Pessoas ricas podem comprar experiências mais caras, o que torna-se impossível para pessoas de outras classes sociais em nosso país. Isso também restringe ainda mais o ciclo de amizades, fazendo com que mais um degrau da escada seja alcançado, com menos pessoas naquele lugar.
       A riqueza é solitária quando você já não confia mais nas pessoas que se aproximam, quando não há assunto em comum, quando não pode sair para os mesmos lugares que outras classes sociais, quando sua agenda é cronometrada minuto à minuto, até os seus momentos de lazer.

O que fazer diante da solidão

       Essa não é uma questão fácil, pois varia de como você se percebe no mundo, quais são os seus hábitos e costumes e como você se sente em relação ao sentimento de solidão. Porém, algumas dicas podem te ajudar a compreender como as coisas acontecem ao seu redor e pensar em suas próximas atitudes diante do sentimento de solidão.

Meditação

Uma maneira eficaz de se autoconhecer. Saber seus objetivos, seus limites, suas qualidades e defeitos. Observar suas questões mais íntimas. Com a prática da meditação, você passa a enxergar de forma mais clara muitos aspectos sobre si mesmo e sobre o mundo ao seu redor. Observe quem são as pessoas com quem você convive, sua família, em seu trabalho. O que você sente em relação à cada uma delas? Esse é o momento para você conversar consigo mesmo e se observar de uma forma mais ampla. Não esqueça que deve-se manter uma prática constante para resultados mais eficazes.

Agradecimento

Tire uns instantes do seu dia para agradecer pela sua vida, seu corpo, seus bens materiais, as pessoas que convivem com você. O sentimento de gratidão possibilita que seu cérebro produza mais neurotransmissores, como dopamina, serotonina e endorfina, responsáveis pela sensação de prazer e bem-estar. Mesmo que as coisas não estejam como você gostaria, sentimentos de angústia, raiva e revolta não fazem bem à sua saúde, então, por uns instantes durante o dia, se concentre nas coisas boas que acontecem na sua vida, mesmo que em mínimos detalhes, como o fato de estar respirando.

Procure grupos

Hoje em dia, existem grupos na internet para quase tudo! Veja se você encontra algum com o qual tenha empatia. Pode ser sobre um assunto em comum, algo de que você goste, onde poderá conversar com pessoas que possuem um pensamento semelhante ao seu, no que diz respeito àquele assunto!

Converse com pessoas

Com estabilidade financeira. Assim como você, muitas pessoas também percebem o quanto a riqueza é solitária, mas acreditam que não podem conversar sobre isso umas com as outras. Muitos guardam para si mesmos, enquanto o que mais desejam é fazer novos amigos e se sentirem acolhidos.

Valorize a si mesmo

Trabalhe a sua autoestima, valorize quem você é e as suas conquistas. Não desista de seus objetivos e tente manter uma visão positiva diante da vida. Pessoas positivas tem mais chances de atrair pessoas tão positivas quanto, pois todo mundo gosta de estar perto de alguém com bons pensamentos e atitudes.

Faça terapia

Ao fazer terapia, você está dando um sinal para o seu cérebro de que se importa consigo mesmo! Ele vai compreender que você se valoriza e que quer cuidar de seu bem estar. Um psicólogo pode te ajudar a compreender como o distâciamento das pessoas faz você se sentir solitário e como você pode reverter a solidão e realizar as melhores atitudes para conseguir novos amigos, sem precisar modificar quem você realmente é, e sim, potencializando suas qualidades.

Você acredita que pode estar vivendo um período de introspecção? Isto talvez esteja contribuindo para te afastar de novos e velhos amigos. No link abaixo, você pode realizar um teste para compreender como estão as suas habilidades sociais, seus níveis de ansiedade e autoestima!

CLIQUE AQUI PARA FAZER O TESTE!