Você já observou que sempre que se fala em pessoas tóxicas, a gente espera ouvir sobre pessoas invejosas, mau caráter, negativas? Ás vezes, isso pode ser diferente e elas podem estar bem ao nosso lado.


Neste texto vamos refletir sobre:

  • O que é empatia?
  • Como lidar com pessoas tóxicas?
  • E quando as pessoas tóxicas são nossos parentes ou amigos?

   Faça um teste hoje. Ao sair de casa, comece a observar o humor de todos aqueles que estão à sua volta. O humor do porteiro do prédio, do motorista de ônibus, da garçonete. Olhe atentamente para os seus colegas de trabalho, consegue adivinhar como devem estar se sentindo hoje? Para os seres humanos, não é muito fácil esconder seu sentimentos na maior parte do tempo, mesmo que uma pessoa seja completamente simpática com você em um determinado momento, você talvez possa perceber em seus olhos que algo está errado, se ela estiver triste, por exemplo. Isso se chama Empatia. A empatia está presente na maior parte dos seres humanos e caracteriza-se pela capacidade de conexão emocional entre as pessoas.

   Quantas vezes, você já esteve em uma situação onde havia alguém chorando e também sentiu vontade de chorar? Ou foi contagiado por uma gargalhada de alguém que estava próximo? Isso ocorre com tanta naturalidade que nem percebemos. Apenas aqueles que possuem alguma patologia em suas estruturas emocionais, como psicóticos, por exemplo, não realizam esses processo de conexão emocional com outras pessoas. No geral, as pessoas são empáticas em sua natureza, e costumam se colocar no lugar do outro em vários aspectos, compartilhando suas tristezas e alegrias.

   Todos os dias estamos cercados por pessoas em todos os lados. No trabalho, em casa, na escola, no restaurante. Somos bombardeados por uma infinidade de sentimentos o tempo todo. Se o taxista está de mau humor, podemos nos sentir um pouco contagiados ao ouvi-lo reclamar do trânsito ou do calor da cidade, após ouvir uma história triste sobre algo que aconteceu com um de nossos amigos, não é incomum compartilharmos a sua tristeza.

   Porém, há alguns sentimentos e sensações que, quando compartilhados, podem não apenas nos deixar para baixo, como realmente fazer mal tanto em aspecto mental quanto em aspecto físico.

Energias negativas

   Pessoas com energias negativas também estão à solta por todos os lados. Quando você entra em contato com essas pessoas, elas podem, literalmente, acabar com o seu dia através de suas palavras e gestos. Muitas pessoas estão por aí, reclamando de seus empregos, suas famílias, fazendo fofocas e arregalando os olhos para a vida dos outros. Para estas, a vida é observada através de um filtro cinzento e dificilmente se consegue ajudá-las sem que elas permitam.

   Talvez a vida tenha sido dura demais para com essas pessoas. Talvez elas já estejam cansadas de suas vidas e acostumaram-se a reclamar de tudo, como se reclamar fosse uma solução para resolver seus problemas. Geralmente, pessoas assim, assistem a vida passar sem tomar uma atitude para mudar aquilo pelo qual estão reclamando. Olham com inveja para a vida das outras pessoas, se perguntando porque a vida delas é tão ruim.

   Elas podem ser pessoas que mostram claramente sua insatisfação com a vida. Não escondem seus sentimentos e acabam sendo conhecidas por seu mau humor. Essas pessoas não são difíceis de identificar. Porém, há aquelas que se escondem atrás de uma máscara que nem elas sabem que estão usando. Não reclamam de tudo para todos, porém, percebe-se através de suas palavras e gestos que também estão insatisfeitas com a vida.

   Geralmente o primeiro tipo de pessoas negativas que citei, acaba se isolando de todos e sua companhia é, para muitos, tão desagradável, que ela acaba por ser colocada de lado. Mas o segundo tipo, continua frequentando as rodas de amigos, sempre muito ativo onde quer que estejam, seja no ambiente de trabalho ou na família.

   Você deve ficar bem atento para não se deixar contagiar. Como falei antes, o processo de empatia ele ocorre naturalmente e não é difícil começarmos a observar a vida através de um filtro cinzento, quando convivemos demais com pessoas que enxergam as coisas por este ângulo.

Como lidar com amigos e familiares tóxicos?

   Bem, vamos dizer que você tem amigos de longa data, mas alguns deles acabaram por se transformar em pessoas tóxicas. O que isso quer dizer? Que enxergam suas vidas através de aspectos negativos? Não apenas isso!

    Pessoas tóxicas nem sempre são aquelas pessoas negativas, elas podem estar ao nosso lado, nos apoiando e torcendo em todos os momentos, porém, possuem padrões de pensamento limitante, que bloqueiam seu próprio desenvolvimento. Quando nos deixamos envolver pelos pensamentos limitantes destas pessoas, acabamos por entrar em sintonia com as perspectivas e visões de mundo que este possuem.

   Vou citar como exemplo, um caso de uma amiga minha. Ela sempre quis ser atriz, mas o seu pai achava que ela não teria estabilidade financeira e temia que a filha passasse por situações difíceis no futuro. Ele tanto insistiu, que ela deixou o curso de artes cênicas e foi fazer um outro que "prometia" maior estabilidade. Anos depois, sempre que a encontro, ela fala de como sua profissão atual tem altos e baixos e afirma que se arrependeu de ter desistido de fazer aquilo que amava. Compreendeu que, independente da escolha realizada, os momentos bons e ruins estão presentes em todas as escolhas e disse que estaria muito mais feliz se tivesse se dedicado ao teatro.

   Se observarmos essa situação, o pai dela não lhe desejava o mal em hipótese alguma. Apenas se preocupava com o futuro da filha que tanto amava. Porém, com sua influência, conseguiu que ela desistisse de seu sonho e fizesse algo que ele acreditava ser melhor. Ela se deixou influenciar, tendo consciência de que ele desejava o melhor para ela, porém se arrependeu amargamente, pois não conseguia ser feliz na atual carreira que tinha escolhido.

   Mesmo com todo o amor do mundo, o pai dela estava agindo de forma tóxica, influenciando-lhe através de padrões mentais já estabelecidos por ele, chegando a conseguir bloquear uma carreira talvez promissora, ou pelo menos que a faria ser mais feliz do que a atual. Ela, por outro lado, confiou em seu pai, talvez sua maior referência para realizar escolhas.

   E é disso que estou falando. Pessoas tóxicas, nem sempre são aquelas onde a negatividade transparece em suas atitudes e palavras. Nem sempre as pessoas tóxicas querem o nosso mau. Elas pode estar disfarçadas na opinião de um amigo ao qual temos muito apreço ou no apelo de uma mãe desesperada para garantir o futuro dos filhos.

Para lidar com esse tipo de situação, você deve compreender que cada pessoa possui um tempo de aprendizagem. Cada um evolui de acordo com as suas esperiências e de como enxerga cada uma delas. O respeito e a compreensão são necessários para que você possa perceber que as pessoas tóxicas que querem o seu bem, como o pai da minha amiga, por exemplo, agem de acordo com a forma como enxergam o mundo. Não adianta argumentar coisas que você acredita ser a sua verdade, se elas não estiverem prontas para compreender o seu ponto de vista, ou ao menos aceitá-lo. Haja com respeito diante da diferença entre seus pensamentos, mas se mantenha firme em suas convicções, sem tentar fazer com que elas compreendam à todo custo. Cada coisa há seu tempo!

Mas como reconhecer pessoas tóxicas?

   Antes de você se perguntar como reconhecê-las, é preciso observar se você está realmente blindado para não ser atingido por elas. E como isso acontece?

   Você tem um propósito em sua vida? Algo pelo que lutar e enfrentar todos os obstáculos? Até que ponto você faria tudo para conseguir realizá-lo? Até que ponto você aceitaria desistir deste objetivo? Essas questões precisam estar muito claras para você. Uma vez que você tem um objetivo sólido a ser seguido, que compreende quais são os caminhos a serem percorridos para atingi-lo e o quanto aquilo é importante para você não será fácil para alguém te convencer do contrário. Algo muito importante a ser levado em consideração, é que por mais que a pessoa tóxica tente te influenciar com seus pensamentos limitantes, não o culpe se você seguir de acordo com as ideias dele. As escolhas são sempre suas e dependendo do caminho escolhido, terá que lidar com todas as consequências.

    Uma vez que você compreende mais sobre si mesmo e suas ambições, observe todos à sua volta. Nem sempre a pessoa tóxica quer mudar a sua opinião sobre algo, ela pode simplesmente estar ali por perto, reclamando disso ou daquilo. Se você tem plena convicção sobre qual é a sua forma de enxergar a vida, com uma análise real sobre os pontos bons e ruins que está vivendo naquele momento, não vai ser nada fácil para uma pessoa tóxica contagiá-lo com mau humor ou tristeza. Mesmo que isso venha acontecer, lembre-se que o mau humor é dela e não seu e que os momentos de dificuldade que ela contou também não são seus.

   Tenha bem definido que cada pessoa enxerga a vida através de um filtro diferente e reconheça qual é o seu próprio filtro.Talvez você precise de ajuda para mensurar qual é o seu propósito ou como descobrir os caminhos para realizá-los. Também, pode não ser fácil lidar com familiares ou amigos tóxicos que estão tentando te impor bloqueios através de seus padrões mentais.
Para isso, um profissional de psicologia pode te ajudar!

No site Expire Psicologia, você poderá encontrar o terapeuta mais adequado para te ajudar. Basta entrar no site, www.expire.com.br e escrever sobre o que está acontecendo na sua vida e como você está se sentindo. Sua mensagem será encaminhada à um de nossos terapeutas, com quem você poderá agendar suas sessões de atendimento online.

Com a terapia online, você poderá conversar com um psicólogo através do seu computador ou smartphone e realizar suas sessões de terapia do conforto, segurança e privacidade da sua casa, ou de onde você estiver, precisando apenas de uma conexão com internet! Lembre-se, é muito importante dar o primeiro passo para evitar que algo trágico aconteça!

Para saber mais, acesse: www.expire.com.br