Você já se sentiu mal e foi correndo no Google para tentar descobrir o que estava acontecendo com o seu corpo ou com a sua mente? Cuidado, isso pode ser muito perigoso!

Neste texto vamos refletir sobre:

  • Os perigos de buscar um diagnóstico pelo Google
  • A importância de buscar um profissional de medicina nos primeiros sintomas


De uns tempos para cá, muitas pessoas chegaram até mim para comentar sobre algo que estavam sentindo, dores, tontura, tristeza... e relataram que estiveram buscando na internet as respostas para compreender o que estava acontecendo. Não foi incomum ouvir elas dizerem a frase "o Google disse que eu iria morrer"!

Isso já aconteceu com você? Hoje em dia, com o avanço das tecnologias e a utilização ampliada da internet, podemos encontrar qualquer coisa que desejarmos, inclusive o diagnóstico para uma série de sintomas, mesmo sem ter realizado exame algum. E é aí que mora o perigo!

Quando aparece um sintoma em nosso corpo é natural que estejamos curiosos para saber do que se trata, principalmente quando procurar no Google é mais rápido e fácil do que marcar uma consulta médica e realizar todo o procedimento para obter um diagnóstico. Em muitos casos, acreditar que pode obter um diagnóstico sozinho e realizar um tratamento sem prescrição médica, pode contribuir para a piora do quadro e algo, que poderia ser simples, se não cuidado imediatamente, pode se tornar muito mais sério.

Nos casos onde há sintomas de ansiedade, por exemplo, estes se assemelham à sintomas de muitas outras patologias e é necessário que o profissional correto, avalie o quadro de sintomas e realize os exames necessários para excluir quaisquer outras possibilidades. Presumir que está sofrendo de ansiedade, através de pesquisas pela Internet, não é a melhor maneira de superar a situação, uma vez que é necessário que haja uma avaliação física.

O contrário também acontece bastante. Pessoas com diversos sintomas pelo corpo vão até as ferramentas de busca para tentar encontrar uma resposta para o que estão sentindo e muitas delas se deparam com "diagnósticos" complexos, de patologias com alto grau de seriedade. Ou seja, uma pessoa que tem ansiedade, pode acreditar que sofre alguma outra patologia, o que pode levar à piora do quadro de ansiedade e ao desenvolvimento de outros comprometimentos, tanto físicos, quanto mentais.

O Google não é um médico. Portanto, você deve ficar alerta sempre que precisar buscar informações sobre sintomas e doenças. Há sites muito competentes e exclarecedores, que podem ajudar você a compreender o que talvez esteja acontecendo em seu corpo, inclusive indicando qual é o profissional que deve ser buscado, em caso de suspeita de um diagnóstico específico, mas não fique apenas no site e procure o profissional mais adequado para resolver a sua situação.

O quanto antes você puder contar com a ajuda de um bom profissional, maiores serão as suas chances de superar ou controlar o problema.

Um outro grande perigo que encontramos na internet, são sites com receitas para resolver os mais variados tipos de patologias. Desconfie! Sites com receitas naturais, podem ajudar, mas atrelados ao acompanhamento médico. Sites que indicam medicamentos específicos, geralmente de fácil acesso são uma cilada. Não é brincadeira quando costumamos dizer que medicamentos não devem ser tomados sem prescrição médica.

Então, se você está sentindo algo diferente, pode procurar alguns exclarecimentos na internet, mas não se deixe limitar à isso. Quando se trata de sua saúde, você deve priorizar o melhor tratamento e este ainda é aquele que caminha junto ao profissional e à realização de exames ou testes.

Quando você possui um diagnóstico através de um médico, o tratamento passa a ser direcionado para a sua melhora, sem desconfianças ou incertezas, com medicamentos eficazes, na maioria dos casos. Diferentemente de quando a internet te "diagnostica" e você faz o uso de medicações indevidas, sempre cheio de dúvidas.

Claro, que em alguns casos, fazer parte de grupos de ajuda na Internet, pode ajudar a coviver com um diagnóstico e a receber dicas de quem já viveu a experiência, isso pode ser de grande benefício, quando atrelado ao acompanhamento médico.

Para auxiliar você, após um diagnóstico médico, você pode buscar por um psicólogo. Esse profissional irá te ajudar a descobrir quais são as melhores maneiras de superar seus obstáculos, sendo de grande impacto na qualidade de vida e cura de muitos pacientes que realizam tratamento para diversas patologias.

A Expire te conecta aos psicólogos de nossa equipe, para que você possa realizar seu acompanhamento do conforto e segurança da sua casa! Acesse: www.expire.com.br