Não, neste texto eu não vou te ensinar uma simpatia para atrair o par perfeito. Muito menos irei te dar uma fórmula mágica para encontrar o(a) parceiro(a) ideal. Na vida real, temos que agir com esperteza, conhecimento e maturidade para encontrar um relacionamento promissor e são dicas relacionadas à esses aspectos que eu vou mostrar aqui!

Neste texto vamos conversar sobre:

  • Como conseguir encontrar um relacionamento estável
  • Conflitos no relacionamento sempre irão existir.
  • Será que a sua ansiedade pode estar atrapalhando sua vida amorosa?

       Mais da metade das pessoas que me procuram para solicitar acompanhamento psicológico apresentam um ponto em comum em suas queixas: Estão insatisfeitas com seu relacionamento atual ou se sentem solitárias e procuram por um comprometimento sólido e duradouro com alguém.
       Em minhas andanças como psicóloga já encontrei muitas pessoas que acumulavam um fracasso atrás do outro em seus relacionamentos sem compreender ao certo o que estavam fazendo de errado e acabei por fazer algumas anotações diante das observações que realizei enquanto fazia o acompanhamento terapêutico destas pessoas.
       Quero dividir com você os passos mais importantes que consegui observar comparando pessoas que tinham relacionamentos estáveis com pessoas infelizes em seu relacionamento. Existe um padrão de comportamento negativo que pode fazer com que você nunca acabe se estabilizando em um relacionamento, então, fique atento(a) e descubra como evitá-lo para encontrar o seu par perfeito.

Autoconhecimento

Entre as minhas observações, percebi que, na maior parte dos relacionamentos estáveis, o casal conseguia equilibrar suas emoções, escolhas, pensamentos e atitudes, porque, individualmente, cada um conseguia conhecer a si mesmo através de uma autoreflexão e observação diante de suas atitudes. Geralmente, antes de conhecer o(a) atual parceiro(a), a pessoa já havia quebrado a cara em relacionamentos fracassados e utilizou isso à seu próprio favor, aprendendo com os erros do passado e refletindo sobre si mesma. Uma vez que você conhece mais sobre si, pode agir com mais segurança rumo aos seus objetivos, com foco e determinação.

Buscar o (a) parceiro (a) no lugar certo

Uma vez que você já se conhece perfeitamente, pode compreender quais são os lugares que gosta de frequentar, onde e com quais pessoas se sente confortável. Ninguém consegue fingir ser o que não é para sempre, encontrei uma garota, uma vez, que conheceu seu namorado em um estádio de futebol, quando foi apenas acompanhar um amigo e fingiu ser entusiasta de futebol apenas para conseguir conquistar o rapaz. Acontece que eles passaram a frequentar o estádio e a assistir à jogos todas as semanas, ela ficou cansada de sempre fingir que gostava de tudo aquilo até que um dia, o relacionamento simplesmente não fazia mais sentido para ela. Então, tente encontrar seu par perfeito em algum lugar onde você se sinta bem e esteja junto à pessoas que te fazem bem. Não tente ser o que você não é.

Sinceridade

Pegando o gancho do item anterior, se você acabar encontrando alguém interessante em um ambiente que não te agrada ou enquanto faz algo que não te deixa feliz, não minta e seja sincero(a). Mostre quem você é de verdade, se a pessoa gostar mesmo de você, não vai se importar de respeitar o seu espaço e de conhecer um pouco mais sobre onde você gosta de estar e o que você gosta de fazer. Relacionamentos que começam com sinceridade tem mais chances de darem certo do que relacionamentos entre casais que se mascaram um para o outro.

Respeito

Pode parecer óbvio, mas o item respeito é esquecido por muitos casais. O respeito vai muito além de agressões físicas, verbais, psicológicas. O respeito acaba quando o casal é possessivo, ciumento, quando um tenta mudar o outro ou interferir diretamente nas escolhas pessoais da outra pessoa. Casais bem sucedidos respeitam um ao outro em todos os aspectos, sabem que ambos devem viver em harmonia desejando a felicidade um do outro, sem acreditar que deve mudar a forma de o outro agir e pensar. Se você sente vontade de mudar o seu parceiro, talvez seja o momento de procurar outro relacionamento que se adeque mais ao que você espera de um(a) parceiro(a).

Maturidade

Uma pessoa madura atrai outra pessoa madura. Se você se conhece profundamente, aceita ser quem você é, respeita as diferenças, aprendeu como ser paciente e tolerante, um relacionamento saudável pode, praticamente, se materializar bem na sua frente. Pessoas maduras aprenderam com os desafios do passado e se conhecem o suficiente para saber qual é o perfil de parceiro(a) que desejam encontrar, geralmente sendo muito diretas e com foco em seus objetivos.

       Como eu disse antes, aqui não há uma fórmula mágica, mas essas dicas tem muito para contribuir em sua busca pelo par perfeito. Lembre-se, não existe um modelo padrão de relacionamento, e todos estão vulneráveis a conflitos e obstáculos. Até os casais que estão juntos de forma saudável há muitos anos, precisam enfrentar os problemas do dia a dia, muitas vezes, um tanto bobos, outras vezes, carregados de seriedade. Buscar por relacionamentos de contos de fadas podem não ser a melhor opção. Se é isso que você procura, comece a pensar em como as pessoas são únicas, cada uma com as suas questões pessoais e problemas da vida. Não existe um casal sem conflitos e estes conflitos, muitas vezes, contribuem para a construção pessoal e emocional de ambos, desde que encarados com maturidade.

Será que a sua ansiedade está atrapalhando sua vida amorosa?

Crises de ansiedade e depressão podem abalar profundamente os nossos relacionamentos. No teste abaixo você pode descobrir se está vivenciando crises de ansiedade, depressão ou até mesmo um relacionamento abusivo!

CLIQUE AQUI PARA FAZER OS TESTES!