Empreender não é uma tarefa fácil. Se você está vivendo momentos complicados que derivam de seu empreendimento, saiba que não está sozinho!

Neste texto vamos refletir mais sobre:

  • Desestabilidade no mercado de empreendimentos
  • Dicas para manter seu equilíbrio emocional
  • Terapia online para empreendedores

       Todos os dias, mais e mais pessoas iniciam e finalizam novos empreendimentos no Brasil. Os dados do IBGE declaram que, em 2014, seis à cada dez novas empresas, fecham antes de completar cinco anos.
       A insegurança presente na economia em nosso país se mostra, cada vez mais, um obstáculo para os empreendedores que se vêem, constantemente, diante de situações angustiantes e desesperadoras. Receio ao prospectar novos clientes, folha de pagamento dos funcionários, ter dinheiro suficiente para retro-alimentar o projeto são apenas alguns dos fantasmas que assombram os empreendedores.
       Se você luta constantemente para superar os obstáculos que se apresentam diante de sua empresa, há grandes chances de que se sinta angustiado e cheio de incertezas, diante das dificuldades enfrentadas e tudo isso pode acarretar em um profundo desequilíbrio emocional.
       Muitos empreendedores acabam por sucumbir às suas preocupações e desenvolvem síndromes e transtornos, como o transtorno depressivo, a síndrome do pânico e o transtorno de ansiedade generalizada. Alguns não aguentam a pressão colocada sobre seus ombros e se deixam, cada vez mais, afundar diante de suas angútias.
        Quando você está lidando diretamente com o futuro da sua empresa, muitas incertezas, escolhas e responsabilidades vão aparecer, diariamente. As pessoas ao seu redor esperam que você tome as atitudes corretas diante de tudo isso. Mas quais são as melhores atitudes à serem tomadas? Existe algum segredo para o sucesso da sua empresa e de seu equilíbrio emocional?
       Não é difícil encontrar no Google casos de empreendedores que cometeram suicídio ao enfrentar momentos de desespero vivenciados por suas empresas. Para muitos donos de empreendimentos, a empresa significa uma parte de si mesmos, e se esta parte não vai bem, eles também não conseguem se enxergar bem. Mas aí mora um grande perigo! Ao não conseguir observar nenhum outro lado de suas vidas pelo qual valha à pena viver, eles acabam por perder o sentido de sua existência por completo.
       Mas existe uma fórmula para que o empreendedor possa estar equilibrado mental e emocionamente? Se você está vivenciando isso, saiba que ainda não existe, mas há certas dicas que podem contribuir para que você recupere o controle de si mesmo e de suas atitudes diante dos problemas enfrentados pela sua empresa de forma mais coerente.

  1. - Não ponha todos os ovos em uma única cesta!

    Você já ouviu esta expressão? Quando todas as suas expectativas se concentram em um único objetivo, só haverá duas alternativas: ou elas serão completamente correspondidas, ou completamente não correspondidas. Não há meio termo. Se tudo ocorrer da forma como você imagina, estará cem por cento satisfeito, porém, se houver fracassos no caminho, você também se deixará levar por eles. Não estou dizendo que você deve ter vários empreendimentos, mas pode buscar olhar para as outras áreas da sua vida e pensar como pode estruturá-las também. Assim, você divide as suas expectativas que passam a não pertencer apenas à sua empresa, mas sim, à outras possibilidades de objetivos, como por exemplo, fazer as pazes com um ex amigo, realizar uma viagem de férias daqui a um ano, adquirir um hobbi que te deixe feliz.
  2. Imagine como você quer estar nos próximos cinco anos.

    Entenda que muitos empreendimentos levam anos para acontecer. A Netflix, por exemplo, existe desde 1997 e teve que se readaptar ao mercado para conseguir o status que possui atualmente. Em vez de sentir o desespero de ainda não ter conseguido se estabilizar, continue trabalhando, persistindo e observando o que pode ser adaptado para que você alcance o seu objetivo. Porém, uma das coisas mais importantes é imaginar. Sinta verdadeiramente onde você quer chegar, imagine cada detalhe, trace sua jornada com este empreendimento durante os próximos cinco anos. Imaginar não paga nada e pode ajudar você a compreender mais sobre o caminho à ser percorrido e como poderá tomar os melhores passos para realizá-lo. Talvez a sua angústia atual derive de uma bagunça na sua mente. Tente organizá-la e pensar no que é o sucesso para você. Apenas compreendendo o que você deseja poderá criá-lo. Como Descartes disse em seu livro "Discurso do Método" há quatro séculos atrás: Penso, logo existo. Segundo ele, nada poderá ser criado se não for moldado e nossa mente primeiro.
  3. Valorize seu esforço


Sim, parece algo bobo, mas muitos empreendedores se cobram demasiadamente e, por vezes esquecem de observar tudo aquilo que já realizaram pela sua emmpresa. Focando sempre no que falta ser feito ou nas dificuldades que se apresentam, o empreendedor acaba por observar apenas os aspectos negativos, sem reconhecer o quanto continua trabalhando e se esforçando para fazer tudo dar certo. Olhar para o futuro o tempo todo pode não ser uma boa saída para descobrir o que anda errado, é preciso observar também o trabalho que está sendo realizado agora e como ele pode ser melhorado. Cobrar a si mesmo é importante para o desenvolvimento do negócio, sim. Sabemos que em um empreendimento é necessário disciplina e dedicação, porém não reconhecer seus próprios méritos, apenas contribui para que uma visão pessimista possa ser formada diante de seus olhos.

  1. Descanse

    Essa dica parece um absurdo quando falamos em empreendimentos. Descansar é a última coisa que muitos empreendedores fazem, muitos gostam até de afirmar que dormem poucas horas por dia ou que trabalham tanto que não conseguem se dedicar à família ou ao lazer. Mas os momentos de descanso são indispensáveis para que você possa se dedicar às outras expectativas (como citamos no item 1). Mas não é apenas isso, ao descansar, você alivia a pressão emocional que exerce sobre si mesmo, dando espaço para novos pensamentos surgirem de forma mais clara. Quando você está sob algum tipo de pressão ou desespero, sua mente não consegue focar e enxergar pontos além daqueles presos em seus pensamentos. E muitas vezes, a saída para uma determinada situação deve ser vista através de um outro ângulo, mais límpido. Por exemplo, quando a sua casa está uma bagunça, fica mais difícil de encontrar pequenos objetos. Poeira, desorganização, sujeira... tudo se acumula, impedindo que você alcance aquilo que deseja. Não é diferente com a sua mente e os seus pensamentos. Precisa mantê-los organizados e "refrescados" para encontrar as pequenas possibilidades que estão em algum lugar dentro da sua cabeça! Então, descanse, durma, leia, se distraia... tente não focar no seu empreendimento em tempo integral e se dedique um pouco mais à si mesmo.
  2. Realize acompanhamento psicológico online!

         Você já ouviu falar em terapia online? É igual a uma terapia convencional, porém realizada através de um computador ou smartphone conectados à internet. O terapeuta e o paciente se encontram através destes dispositivos e realizam a sessão sem precisarem se locomover até uma clínica.
           A terapia online é uma ótima opção se você é um empreendedor. Diante do corre corre em sua empresa e de todas as responsabilidades em seu dia a dia, realizar terapia online te ajuda a poupar tempo, uma vez que você pode realizar as sessões de onde você estiver.
           Ser acompanhado por um profissional de psicologia poderá te auxiliar a compreender suas angustias e a redirecionar seu planejamento para alcançar suas métricas de sucesso.
           Com a Expire Psicologia, você pode realizar sua terapia no conforto, segurança e privacidade da sua casa, seu escritório ou de onde você quiser. Sem precisar gastar dinheiro para se locomover, enfrentar trânsito ou perder tempo no trajeto. Basta acessar www.expire.com.br e agendar suas sessões.