Você trabalha na área de saúde? Com certeza, no momento atual, houveram mudanças significativas na forma como você enxerga a sua área de trabalho e como o mundo passará a enxergar a importância de pessoas como você no mundo à partir deste momento que estamos vivenciando!

Neste texto, vamos conversar sobre:

  • A importância dos profissionais de saúde no agora
  • Fragilidade emocional das equipes de saúde
  • Reconhecimento profissional

       Mais do que as emissoras de televisão que noticiam, à cada segundo, novas informações sobre a Covid 19, os profissionais de saúde que lidam de frente com a pandemia, sentem na pele, todos os dias, a real gravidade da situação que o planeta está vivenciando.
       No mundo inteiro, médicos, enfermeiros e assistentes de saúde, se mostram nas redes sociais e demais canais de comunicação, exaustos e assustados com a situação causada pelo colapso nas unidades de saúde por causa do surto epidêmico que se estende em todos os continentes.
       Não é difícil se emocionar com médicos que não podem abraçar seus filhos pequenos, enfermeiras que estão morando sozinhas, longe de suas famílias e milhares de equipes da área de saúde acumulando plantões e dando o melhor de si para salvar vidas.
       E há quem diga que esse é o principal objetivo de tais profissões. Salvar pessoas, ajudá-las, orientá-las, cuidar de seu bem estar.

Na linha de frente

       Boa parte da população deixou as ruas e passou a se isolar em suas casas, enfrentando uma mudança de rotina e precisando se adaptar ao mundo atual. Os profissionais de saúde, no entanto, tiveram que deixar seus lares, intensificar seus horários de trabalho e encarar de frente os riscos de estar diretamente em contato com pessoas portadoras do vírus.
       Não faltam exemplos de profissionais de saúde que, mesmo sabendo que estão entre o grupo de risco, decidem pôr a mão na massa e tentar salvar vidas. E, todos os dias, estes profissionais se vêem diante de alegrias e tristezas. Por mais que seja uma felicidade imensa quando um paciente portador do vírus tem alta, a tristeza também é grande, sempre que uma vida é perdida. Sem falar na precariedade de muitos hospitais brasileiros e do fato de que a área de saúde vem sendo ignorada durante muitos anos.
       Não obstante os esforços físicos e mentais , os profissionais de saúde ainda precisam lidar com a incapacidade dos sistemas de saúde em enfrentar a pandemia. Faltam equipamentos de proteção em muitas partes do mundo, assim como equipamentos para cuidar daqueles que estão doentes. Pelo Google e nas redes sociais, podemos também, encontrar relatos de profissionais em diversos países que afirmam não haver incentivo para capacitar equipes médicas, nem investimento na educação dos profissionais de saúde.
       Em pesquisa realizada no início de abril, a Coppe/UFRJ – Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia - alerta que, no Brasil, 2,6 milhões de profissionais de saúde estão expostos ao risco de contaminação pela Covid 19. Em estatísticas vulgarmente divulgadas na internet, os casos de profissionais de saúde afastados por apresentarem sintomas da doença, só no Rio e em São Paulo, já passam de 1300. Falta, porém, um estudo mais aprofundado sobre o impacto causado tanto nas vidas destes profissionais, como no sistema de saúde como um todo.

Fragilidade emocional

       A possibilidade de avanço do colapso no sistema de saúde Brasileiro, é observada de perto por estes profissionais que, dia após dia, vêem seu trabalho se tornar mais árduo e, por vezes, assustador. Ao ver de perto pessoas sofrendo e vindo à óbito, tendo que lidar com famílias em desespero e  corpos sem vida que não podem ser entregues aos seus familiares, os profissionais de saúde podem acumular dentro de si uma mistura de angústia, ansiedade, tristeza, medo e revolta.
       Soma-se à tudo isso, a sensação de solidão, a distancia de amigos e familiares, e a falta de tempo para cuidar de si mesmos, inclusive para se alimentar corretamente, praticar exercícios ou ter uma boa noite de sono.
       Tudo isso pode gerar um desequilibrio emocional profundo nas equipes de saúde pelo mundo. São pessoas corajosas e empáticas que abrem mão do seu conforto para cuidar de pessoas que nem, ao menos conhecem. Um exemplo para todos os demais. Porém, as consequências pós pandemia, podem ser fortes para estas pessoas.

Reconhecimento

       Observei muitas pessoas expressando sua gratidão às equipes de saúde através das redes sociais. Sem poder sair de casa, muitos brasileiros agradecem e reconhecem a importância destes profissionais. Brasileiros aplaudindo de suas janelas, em uma esperança sincera, de que seus aplausos cheguem às equipes de saúde, mesmo que em forma de boas vibrações.
       Nos resta esperar que este reconhecimento se estenda para além da pandemia que vivenciamos. Que haja um verdadeiro investimento na melhoria de condições de trabalho e salários para todos estes profissionais, que nos ensinam através de suas atitudes, o verdadeiro significado de amor ao próximo.  

A importância de cuidar da saúde mental

       Como dito anteriormente, o acúmulo de tantas adversidades, pode ser prejudicial aos profissionais de saúde, quando observamos aspectos mentais e emocionais. Um desequilibrio emocional, pode evoluir para patologias mais sérias, como ansiedade, depressão, síndrome do pânico.
       Se você trabalha nessa área, é importante aproveitar os momentos livres - mesmo que sejam poucos - para descansar o corpo e a mente. Tentar ter uma boa noite de sono, distrair-se de forma a se desconectar por alguns momentos do ambiente de trabalho e uma alimentação rica em nutrientes. Mantenha o contato com sua família, mesmo que através de seu smartphone e busque um horário de sua semana para conversar com um terapeuta. Ele pode ser essencial neste momento cheio de conflitos e inseguranças para te auxiliar a atravessar os desafios atuais, de uma forma mais coerente e saudável.

No link abaixo você pode realizar um teste para saber como andam seus níveis de ansiedade. Também há outros testes para que você compreenda se possui sintomas de depressão, estresse e como anda a sua autoestima.

CLIQUE AQUI PARA FAZER ESTE E OUTROS TESTES

*Se você é um profissional de psicologia, acesse o site terapiabox.com e conheça uma ferramenta com tudo o que você precisa para atender à um login de distância! Na TerapiaBox você organiza sua agenda, registra suas evoluções e anamineses, controla suas finanças, possui seu site pessoal, realiza seus atendimentos online com segurança e muito mais! E o melhor de tudo: Você pode testar a ferramenta gratuitamente!

terapiabox.com